EMFAL: Álcool e derivados, insumos químicos, matérias-primas fracionadas e bases prontas
 
Busca:
ofertas exclusivas
indique site



Ir para a página inicial    Site 100% Seguro
 
Acido sulfonico

Acido sulfonico    Clique para visualizar    Clique para visualizar
 
 


Indique este produto

Avalie esse produto

Comente no Blog

Download do FISPQ

Acido Sulfonico 90% BB 5 l



Acido sulfonico 5 l






Comprar
 

 
Prazo de entrega:
Para BH e grande BH: de 4 a 7 dias úteis.

Capitais e interior:
De 4 a 7 dias úteis.


A EMFAL comercializa seus produtos somente para Pessoa Jurídica.
Caso seja pessoa física, clique aqui


Validade mínima 6 meses - Evite DEVOLUÇÕES- Consulte-nos caso necessite de validades especiais.

 
Formas de Pagamento:
 
 
Característica do produto:
 

Acido sulfonico 90% (dodecilbenzeno sulfonato de sodio 90%) utilizado para detergentes e produtos de limpeza

  
Saiba mais.



  • Ficha Técnica
    EMFAL – Empresa Fornecedora de Álcool Ltda.
    Rua K 105 – Jardim Piemonte - Betim – MG – CEP 32680-540
    Fone/Fax: 31 3597-1020 – emfal@emfal.com.br
    Aut. MS 3.02701.0
    INFORMATIVO TÉCNICO – ÁCIDO SULFÔNICO 90%
    Produto ÁCIDO SULFÔNICO 90% (ÁCIDO ALQUIL ARIL
    SULFÔNICO 90%)

    Aplicação Detergente
    Emprego Dispersante, emulsionante, tensoativo.
    Armazenamento Conservar em frascos bem fechados ao abrigo do calor e
    umidade.
    Denominação
    Química
    Ácido alquil benzeno sulfônico linear
    Concentração de
    uso
    Concentração de acordo com a formulação.
    Características
    Físico-químicas TESTE ESPECIFICAÇÃO
    Aspecto Líquido viscoso
    Cor (visual) Castanho escuro
    Odor Característico
    Informações
    Adicionais CAS: 85536-14-7
    O Ácido Sulfônico Preto 90%, também chamado de LAS -
    Linear Alquilbenzeno Sulfonado é atualmente, o
    tensoativo mais utilizado no mercado mundial de
    detergentes. Trata-se de um ácido orgânico forte, obtido
    do processo de sulfonação de alquiláteros, cujas
    principais vantagens são:
    • Grande poder removedor de sujeiras;
    • Excelente solubilidade mesmo a baixas
    temperaturas;
    • Elevado poder de espuma e
    • Biodegradabilidade.
    O Ácido Sulfônico é empregado em diversos tipos de
    formulações de detergentes líquidos, pastas e
    detergentes para lavar roupas (líquidos e pó).
    No setor industrial e institucional, é utilizado na
    lavagem de roupas, em limpeza de superfícies, na
    preparação de emulsões para fluidos lubrificantes,
    pesticidas agrícolas e desengraxantes, e na aeração do
    concreto.
    Portanto, o Ácido Sulfônico preto 90% é um tensoativo,
    que promove a “quebra” ou a diminuição da tensão
    superficial da água, emulsiona gorduras e remove
    sujeiras, além de apresentar poder de umectação.
    Observação As informações contidas nesta Ficha foram compiladas de
    nossos fornecedores e de várias publicações técnicas
    tidas como verdadeiras. Não garantimos a exatidão dos
    dados. O único propósito deste documento é ser um guia
    para utilização apropriada do material. É de
    responsabilidade do usuário determinar a adequação
    destas informações para o uso correto do produto.
  • FISPQ
    ________________________________ FISPQ ___
    FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS
    QUÍMICOS
    FISPQ Nº: 006                                                                                  Última Revisão: 02/01/2007
    1 – Identificação do Produto e da Empresa
    Nome do Produto: ÁCIDO SULFÔNICO 90%
    Empresa: EMFAL – Especialidades Químicas
    Endereço: Rua: K, 105 – Jardim Piemonte – Betim/MG
    Tel/Fax: (31) 3597-1020
    E-mail: emfal@emfal.com.br
    2 – Composição e Informações:
    Ácido sulfônico do linear alquilbenzeno com cadeia parafinica lateral de 10 - 13 átomos de carbono,
    com um número médio de 11,7 átomos de carbono.
    Denominação Química: Ácido Alquil Aril Sulfônico 90 (Ácido benzenosulfônico, 4 - C10 - 13 - sec
    - alquil derivados)
    CAS: 85536 - 14 - 7
    EINECS: 287 - 494 - 3
    Peso molecular médio: 320
    Fórmula química: CH3 - (CH2)n - CH =C6 H4 - p(SO3H)==- (CH2)m - CH3 (n + m = 7 - 10) (n, m
    = 0 - 10)
    Sinônimos: Ácido lineal alquilbenzeno sulfônico, Acido sulfônico de misturas de Alquilbenzenos,
    Acido sulfônico.
             Aplicação
    Ácido sulfônico é a matéria-prima básica para a produção do Linear alquilbenzeno sulfonato de
    sódio, que é o tensoativo mais utilizado no mundo para a produção de detergentes líquidos e em
    pós de uso na limpeza domestica, e em outras formulações detergentes de aplicação industrial &
    institucional.
    3 – Identificação de Perigos:
    Dados sobre riscos a saúde:
    Olhos: Exposição em pequenas concentrações causa irritação. Em contato com o líquido e
    exposição a altas concentrações  de vapor, provoca irritação e queimaduras.
    Pele: Devido a sua natureza ácida e corrosiva, provoca irritação e queimaduras na pele. Em contato
    repetido e prolongado com a pele pode produzir necroses, se não forem tomadas as precauções
    necessárias.
    Inalação: Geralmente existe presença de SO3 e SO2 livre, e em algumas circunstâncias, pode
    formar H2S, que é tóxicos.
    Ingestão: Por sua natureza ácida, a ingestão de pequenas quantidades produz irritação e
    queimaduras nas paredes do estomago.
    Efeito de sobre exposição
    Sobre exposição aguda: Desconhecidos
    Sobre exposição crônica: Desconhecidos
    4 – Medidas de Primeiros Socorros:
    Contato com os Olhos: Lavar com água durante 15 minutos. Procurar a assistência de um
    médico oftalmologista.
    Contato com a pele: Retirar a roupa contaminada. Lavar com grande quantidade de água. Se
    persistir a irritação, procurar um médico.
    Inalação: Remover o paciente para uma área ventilada fora do perigo. Se for necessário, efetuar a
    respiração artificial e chamar um médico.
    Ingestão: Ingerir um agente neutralizante (magnésia) dissolvido em leite e hospitalizar o paciente
    5 – Medidas de Combate a Incêndio:
    Meios de extinção: Produto não inflamável nem explosivo, mas pode haver decomposição durante o fogo
    liberando gases.
    Procedimentos especiais de combate contra o fogo: Em caso de combate contra o fogo em espaços
    fechados, deve utilizar equipamentos de respiração autônomos.
    Proteção contra incêndios e explosões: Produto não é inflamável nem explosivo.
    Produtos de combustão perigosos: Durante um fogo pode haver uma decomposição com
    liberação de gases tóxicos de SO2 e H2S.
    6 – Medidas de Controle de Vazamento e Derramamento:
    Precauções pessoais: Utilizar EPI´s (Equipamentos de Proteção Individual)
    Precauções para o meio ambiente:
    Em terra: Manter o público afastado. Conter o derrame como for possível. Evitar que a
    contaminação siga para as águas superficiais e subterrâneas, assim como o solo e a vegetação.
    Notificar as autoridades e alertar a vizinhança se for necessário.
    Conter o derrame com absorventes inertes. O produto se pode neutralizar com solução de
    carbonato de sódio. Colocar os resíduos recuperados em recipientes adequados para reciclar ou
    eliminar.
    Consultar um especialista / perito em eliminação de materiais recuperados. O material pode ser
    eliminado mediante incineração controlada, depois lavar com solução de carbonato de sódio e
    enxaguar com água.
    Atuar em conformidade com a legislação local e oficial.
    Em águas: Avisar outras embarcações. Notificar o porto e as autoridades pertinentes e manter o
    público afastado. Conter e eliminar o derrame como for possível.
    Bloquear a área do derrame e evitar danos ecológicos.
    Eliminar o produto da superfície por absorção da capa contaminada o com absorventes adequados.
    Consultar um especialista / perito, em eliminação de materiais recuperados e atuar em
    conformidade com a legislação local e oficial.
    7 – Manuseio e Armazenamento:
    O ácido sulfônico livre de água ataca os metais de modo similar ao ácido sulfúrico concentrado. O
    ácido sulfônico é moderadamente corrosivo para o aço, aumentando a corrosão quando o produto
    for mantido a altas temperaturas (acima de 40ºC). Se estiver armazenado em tanques de aço
    carbono, essa corrosão pode extrair uma pequena quantidade de ferro, que prejudica o produto.
    Recomenda-se, preferencialmente, a utilização de aço inoxidável para a construção de tanques e
    tubulações. Alternativamente, se pode utilizar tanques de aço carbono revestido (por exemplo, com
    resinas epóxi ou poliéster).
    Para facilitar o manejo, recomendamos que o ácido sulfônico seja armazenado a temperaturas
    entre 30ºC a 40ºC. Os tanques devem ser aquecidos indiretamente mediante serpentinas de água
    quente (máximo de 60ºC) ou condutores elétricos. Não se recomenda o aquecimento interno direto,
    pois pode provocar a existência de “pontos quentes” e produzir a degradação da cor do ácido. Para
    economizar energia de conservação, os tanques de armazenamento devem ser revestidos com
    isolamento térmico convenientemente.
    Quando se bombeia o ácido, é preferível utilizar bombas de deslocamento positivo melhor que
    bombas centrífugas. As tubulações e as partes da bomba em contato com o ácido devem ser de
    aço inoxidável.
    Temperatura de armazenamento / manipulação:
    Temperatura recomendada: 30 - 40ºC.
    Evitar as altas temperaturas nas paredes (40ºC máximo).
    Deve utilizar água quente como fluido de transferência de calor. A baixas temperaturas, alta
    viscosidade pode originar problemas de bombeio.
    Temperatura de carga / descarga:
    Para facilitar o carregamento, deve manter uma temperatura de 32-38ºC. Recomenda-se o
    aquecimento mediante sistema elétrico nas tubulações instaladas frente ao sistema aquecimento
    com vapor. A temperatura na superfície de contato não deve ser apreciavelmente maior que a do
    interior do tanque.
    Pressão de armazenamento: Atmosférica
    Perigo de acumulação eletrostática: Não existe
    Viscosidade a temperatura de carga / descarga: 1.010 cSt (a 25ºC)
    Sistemas de embarque usuais: Vagões tanques, Caminhões Tanques e Tambores.
    Revestimentos e materiais de armazenamento e manejo:
    Adequados: Tanques (vagões, caminhões):
    Aço inoxidável 316.
    Aço carbono com revestimento: fenólico; de vidro; poliésteres reforçados com fibra de vidro; resinas
    expóxi; resinas poliés.
    Tambores: Metal com dupla capa de revestimento polimérico e livre de pontos de solda
    para evitar a reação do ácido sulfônico com o metal.
     Transferência:
     Linhas: Aço inoxidável 316, tubo de PVC ou fibra de vidro.
     Mangueiras: Polietileno, Teflon, Borracha butílica, com revestimento de neoprene
     Bombas: Com engrenagens de aço inoxidável 316.
     Válvulas/engrenagens: Aço inoxidável 316. Válvulas c/ revestimento de Teflon e volante.
     Juntas: Teflon.
     Inadequados: Tanques (vagões, caminhões): Aço carbono. Aluminio,  outros metais.
    Precauções especiais: Nos tanques de armazenamento pode acumular gases SO2 e deve-se
    tomar as precauções necessárias nos casos de exposição dos operadores.
    O produto reage perigosamente com hidróxidos (bases). Não armazenar junto com eles.
    O ar deve ser analisado continuamente quando se trabalha em uma área
    fechada.
    Manter a área bem ventilada
    8 – Controle de Exposição e Proteção Individual:
    Equipamentos de proteção pessoal:
    Roupa protetora impermeável e resistente aos ácidos p/ prevenir o contato com a pele.
    Luva de proteção e capas de borracha resistentes ao ácido ou PVC, máscaras de respiração para
    casos de emergência e em ambientes fechados.
    Retirar a roupa molhada/contaminada, contendo pequenas quantidades do produto, que pode
    originar queimaduras na pele não percebíveis a princípio.
    Higiene do trabalhador:
    Evitar o contato com a pele, olhos e roupas.
    A área de trabalho deve dispor de duchas de segurança e fontes lavadoras de olhos.
    Incompatibilidade com hidróxidos (bases).
    Necessidades de ventilação:
    Em espaço fechado os tanques de armazenamento podem acumular gases tóxicos (SO2, H2S).
    Manter a área bem ventilada e utilizar máscara de respiração.
    O ar deve ser analisado continuamente quando se trabalha em uma área fechada.
    Valor limite de exposição (T.L.V.): Não estabelecido.
    9 – Propriedades Fisico-Químicas:
    TESTE ESPECIFICAÇÃO
    Aspecto Líquido viscoso
    Cor (visual) Castanho escuro
    Odor Característico
    Densidade – 25ºC 1,0260 – 1,1341 g/cm3
    Teor matéria ativa 88 – 95%
    Acidez Livre Máximo 7,5 g%NaOH
    Acidez Total Máximo. 18,8 g%NaOH
    Peso molecular médio 320
    10 – Estabilidade e Reatividade:
    Estabilidade: Estável
    Condições para evitar instabilidade: Não aplicável
    Materiais e condições que devem ser evitadas (Incompatibilidade): Reativo com metais,
    óxidos, carbonatos e carbetos. O produto reage perigosamente com hidróxidos (bases).
    Polimerização perigosa: Não aplicável
    Condições para evitar a polimerização: Não aplicável
    Produtos de decomposição perigosa: Geralmente existe presença de SO2, em algumas
    circunstancias, pode formar H2S. Libera calor quando diluído com água.
    Corrosão: Moderada a severa.
    11 – Informações Ecológicas:
     
    DL50 (Oral, ratos): 1350 - 1470 mg / Kg (O.C.D.E. - 401)
    ========================Dose letal 50 %
    DL50 (Dérmico, coelhos): Muito irritante (O.C.D.E. - 405)
    ============================Dose letal 50 %
    12 – Informações Ecológicas:
     
             Toxicidade para o meio biótico
    CL50 - 96 (Vertebrados): 5 - 15 ppm
    ===========================Concentração letal efetiva 50 %, em 96 horas
    CE50 - 24 (Daphnia): 5,9 ppm
    ===========================Concentração efetiva 50 %, em 24 horas, para a
    ausência de mobilidade
    CI10 - 16 (Pseudomonas putida): 51 ppm
    ============================Concentração efetiva 10 %, em 16 horas, para a
    inibição do crescimento=
             Riscos para o meio ambiente:
    Fatores contaminantes:
             Biodegradação: > 98 % (O.C.D.E. - 301)
              Fotodegradação: 50 % (2,2 días)
              Log Pow: 2 (O.C.D.E. - 107)
    Efeitos sobre o meio:
    Água: Prejudicial para a vida aquática em concentrações muito baixas. Este produto é solúvel em
    água, para derrames de grande proporção pode produzir concentrações perigosas para a vida
    aquática.
    Ar: A decomposição na combustão deste produto pode provocar uma nuvem de gases
    irritantes, corrosivos e venenosos.
    Solo: Este produto é corrosivo, quando ocorre um derrame pode provocar danos imediatos na área
    de contato. Pode produzir contaminação do solo e risco de contaminação do lençol freático
    13 – Considerações sobre Tratamento e Disposição
    Manejar os resíduos com precaução.
    Eliminação mecânica utilizando absorventes inertes. Se for possível a eliminação mediante
    incineração controlada, depois lavar com solução de carbonato sódio e enxaguar com água ou
    eliminação segundo a legislação oficial (nacional ou local).
    Evitar jogar grandes quantidades de ácido sulfônico nos esgotos e canaletas.
    A biodegradabilidade do sal sódico do ácido sulfônico é maior que 90 %.
    Não misturar com hidróxidos (bases)
    14 – Informações Sobre o Transporte:
    Dados
    Temperatura de transporte: 25 - 40 ºC
    Pressão de transporte: Atmosférica
    Temperatura de carga / descarga: 25 - 40 ºC
    Caminhões tanques: Revestimento de aço inoxidável. Para longos percursos a baixa temperatura
    utilizar carretas com serpentinas para aquecimento.
    Tambores: Tambores de metal com dupla capa de revestimento polimérico e livre de pontos de
    solda para evitar a reação do ácido sulfônico com o metal.
    15 – Regulamentações:
    Classificação e etiquetas de identificação segundo a Portaria 204 de 1997 do Ministério dos
    Transportes, que regulamenta o transporte terrestre de produtos perigosos:
    Classificado como “Corrosivo”
    Provoca queimaduras.
    Não respirar os gases.
    Simbologia apropriada como produto perigoso com indicação de perigo: ”Corrosivo”
    Decreto 96.044 - Transporte Rodoviário de produtos perigosos e sucessivas modificações e
    adaptações
    16 – Outras informações:
    Nos locais onde se manipulam produtos químicos deverá ser realizado o monitoramento da
    exposição dos trabalhadores, conforme PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) da
    NR-9. Funcionários que manipulam produtos químicos, em geral, devem ser monitorados
    biológicamente conforme o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) da NR-
    7.
    As informações e recomendações constantes desta publicação foram pesquisadas e compiladas
    de fontes idôneas, dos MSDS dos fornecedores e de legislações aplicáveis ao produto.
    Os dados dessa Ficha referem-se a um produto específico e podem não ser válidos onde esse
    produto estiver sendo usado em combinação com outros. A EMFAL – Especialidades Químicas
    com os fatos desta ficha, não pretendem estabelecer informações absolutas e definitivas sobre o
    produto e seus riscos, mas subsidiar com informações, diante do que se conhece, os seus
    funcionários e clientes para sua proteção individual, manutenção da continuidade operacional e
    preservação do Meio Ambiente.
topo
 
Siga e Receba Novidades e Ofertas de Bases Prontas para Cosméticos e Fabricação de Produtos de LimpezaConfira artigos sobre especialidades químicas e sua utilização
white space
 
 

 

Endereço::

EMFAL - EMPRESA FORNECEDORA
DE ALCOOL LTDA

65.234.544/0001-63
Rua Triângulo nº 105
Jardim Piemonte
Betim - MG
CEP 32689-326
Telefone: (31) 3597-1020

 

Atendimento de Segunda a Sexta das 08:00h às 17:45h

Para comprar ou tirar dúvidas sobre produtos e preços,
é só ligar. Segunda a Sexta-Feira, das 8h às 17:45h.

EMFAL Especialidades Químicas:

Linha de Álcool e suas Derivações (Álcool de Cereais, Álcool Absoluto, Álcool Gel, Álcool Etílico, Álcool Sólido) | Matérias Primas e Insumos Químicos Fracionados |
Água Desmineralizada, Conservantes, Espessantes, Emolientes, Solventes, Umectantes |
Bases Prontas para Manipulação Cosmética e Bases Prontas para
Fabricação de Produtos de Limpeza/Saneantes (Base para Filtro Solar, Base para Sabonete Glicerinado, Base para Cremes e Pomadas, Essências e Extratos)


Este PORTAL foi construído através do SISTEMA WEBVENDA.COM | Soluções individualizadas para Portais Corporativos e E-commerce integrado para sua Empresa. Clique para saber mais detalhes desta tecnologia.

SairMinha ContaVer carrinho